Menu

Tempo seco aumenta focos de incêndios em Balsas, MA

O tempo seco e a falta de chuvas favorecem o surgimento de focos de incêndio. Em Balsas, o risco é maior na periferia da cidade, por causa terrenos baldios. O último registro foi no bairro Catumbi, por um morador. O fogo próximo a uma residência e a fiação elétrica poderia ter causado prejuízos.

Além dos fenômenos naturais e da seca, o homem ainda é o maior causador dos incêndios. A prática tem como finalidade a limpeza de terreno, lixo e no entorno das propriedades. O que muitos não sabem ou até mesmo ignoram é que se não houver um preparo, o fogo pode se propagar e virar um incêndio de grandes extensões.

Por isso, os moradores que ficam próximos dessas áreas de queimada acabam sendo incomodados pela fumaça e cinzas que invadem as residências.

 

Fonte: G1 MA

Leia mais ...

Inscrições para seletivo da Uema podem ser feitas até dia 22 de agosto

Está abertas as inscrições para o Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes) 2015, realizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Estão sendo disponibilizadas 3.489 vagas e as inscrições podem ser feitas até dia 22 de agosto.

Os interessados podem conferir o edital na página da Uema. A primeira etapa do Paes será realizada no dia 16 de novembro (com 80 questões objetivas de múltipla escolha, abrangendo conteúdos referentes às disciplinas das três séries do ensino médio). A segunda, dia 14 dezembro (16 questões analítico-discursivas de duas disciplinas específicas por curso e a prova de produção textual). Ambas serão realizadas no horário das 13h às 18h, com duração de cinco horas.

Além de São Luís, as provas serão aplicadas em mais 21 municípios: Caxias, Imperatriz, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Açailândia, Pedreiras, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru-Mirim, Colinas, Carolina, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Coelho Neto, Barra do Corda, Codó e Coroatá. Os telefones (98) 3245 1102 e 3245 2756 estão disponíveis para que outras informações sejam obtidas.

 

Fonte: G1 MA

Leia mais ...

Trabalho infantil ainda é comum no interior do Maranhão

Em Balsas, é muito comum encontrar adolescentes trabalhando de forma irregular em lava à jato, borracharias e outros estabelecimentos. A denúncia é feita pelo Conselho Tutelar, que tenta coibir a exploração infantil.

De acordo com o IBGE, 19% das crianças e adolescentes brasileiros entre 10 e 17 anos exercem algum tipo de trabalho ilegal. No Brasil, é proibido qualquer trabalho a menor de 16 anos de idade, exceto na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

Em comparação ao número de habitantes, o Maranhão é o que mais explora a mão de obra infantil: 6% das crianças e adolescentes trabalham no estado. Isso significa mais de 200 mil maranhenses. No ranking do trabalho infantil no Brasil, o Maranhão ocupa o terceiro lugar.

Em Balsas, cenas de crianças trabalhando são fáceis de ser encontradas. A presença de menores em borracharias e lava-jatos é comum. A reportagem flagrou um adolescente em um desses estabelecimentos, sem sequer alcançar o pé no chão ao montar na moto. Apenas um dos perigos enfrentados diariamente.

De acordo com a conselheira tutelar Francisca Rodrigues, um dos maiores desafios é conseguir acabar com trabalho de menores em lava-jatos e borracharias. O que para muitas pessoas tornou-se comum é, na verdade, um crime. Segundo o conselho tutelar, a sociedade deve ajudar a combater denunciando esses casos. "Os adolescentes estão sendo explorados no trabalho. Em todos os lugares vemos até crianças trabalhando", disse.

 

Fonte: G1 MA

Leia mais ...

Vestibular do Paes 2015 terá mais de 3400 vagas

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) anunciou que as inscrições ao Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes) iniciam segunda-feira (28) e vão até 22 de agosto, em seu site oficial. Nesta edição, a Uema oferece 3.489 vagas.

Para se inscrever, o candidato deve ter concluído integralmente ou estar cursando o 3º ano do ensino médio em 2014. No momento da inscrição, o candidato deve optar por um dos sistemas de vagas (universal ou especial), preencher e imprimir o requerimento de inscrição, gerar boleto bancário e efetuar o pagamento em qualquer agência do Banco do Brasil ou nos seus correspondentes bancários.

A primeira etapa do Paes acontece no dia 16 de novembro (com 80 questões objetivas de múltipla escolha, abrangendo conteúdos referentes às disciplinas das três séries do ensino médio). A segunda etapa será dia 14 dezembro (16 questões analítico-discursivas de duas disciplinas específicas por curso e a prova de produção textual). Ambas serão realizadas no horário das 13h às 18h, com duração de 5 horas.

Além de São Luís, as provas serão aplicadas em mais 21 municípios: Caxias, Imperatriz, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Açailândia, Pedreiras, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru Mirim, Colinas, Carolina, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Coelho Neto, Barra do Corda, Codó e Coroatá.

 

Fonte: G1 MA

Leia mais ...

Quadrilha pode estar vendendo carros clonados na região sul do MA

Uma quadrilha especializada na venda de carros clonados pode estar agindo na região sul do Maranhão. Uma caminhonete que havia sido roubada foi apreendida em Balsas com a documentação igual à de outro veículo.

Com placa de Pedro Afonso, no Tocantins, foi localizada em uma fazenda nas proximidades de Balsas. Segundo a Polícia Militar, a caminhonete foi roubada em Teresina, no Piauí. "A investigação preeliminar indica que teria sido tomado de assalto do Piauí", afirma o tenente-coronel Claudio Roberto Farias.

Com essa apreensão, a polícia começa a identificar uma quadrilha que age em toda região. Segundo o comandante, os bandidos roubam os veículos em outros estados e trazem para regiões próximas à Balsas, por ser uma cidade polo e possuir, em circulação, veículos com placas de todo o Brasil.

A polícia não conseguiu encontrar o motorista do veículo de Pedro Afonso, mas já identificou suspeitos de integrar a quadrilha. Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar nas investigações.

 

Fonte: G1 MA

 

Leia mais ...